Gestão de crise - planejamento, resposta e fortalecimento após uma crise


Segundo o Aurélio, crise pode ser definida como uma conjuntura problemática ou um desequilíbrio. Essa definição genérica acentua o sentimento dos gestores de diversos segmentos industriais e empresariais neste momento que o mundo está passando: a insegurança em relação às perspectivas econômicas para o futuro próximo.

Mas, quais estratégias os setores produtivos devem tomar?

1 - Estar sempre preparado. Os gestores devem criar simulações e cenários que podem acontecer durante a crise e se planejar diante dessas situações, criando plano de ações pensando sempre na saúde organizacional e de seus colaboradores. Ferramentas que podem ser usadas nesse momento: Modelagem Matemática, Análise PESTAL, Balanced Scorecard (BSC) e também o PDCA.

2 - Ter cuidado com as decisões. Todas as decisões feitas durante um momento de crise podem afetar a imagem da organização, perdendo valor perante o seu público estratégico. É fundamental tomar decisões que conectem os stakeholders, criando uma rede colaborativa que foquem no interesse maior do que o interesse próprio.

3 - Diminuir o tempo de resposta. Melhorias na eficiência da utilização dos recursos e principalmente dos processos produtivos, são ações e investimentos que o gestor precisa para traçar as melhores estratégias para a continuidade do setor. Para isso a organização deve possuir:

  • Boa comunicação interna e externa

  • Flexibilidade

  • Cultura de autonomia

  • Boa gestão de conhecimento

  • Líderes que inspirem confiança.

4 - Aproveite as oportunidades. Todas as crises criam oportunidades! Para que a empresa consiga enxergá-las é necessário que tenha uma boa gestão de dados e uma cultura inovadora, mostrando sua flexibilidade diante a situação. Ferramentas que ajudam a identificar as oportunidades são: Matriz SWOT, 5 Forças de Porter, Análise 360º, Matriz de Ansoff.

Essas ações e estratégias, se bem planejadas e executadas trazem não só resultados positivos durante o período problemático, mas torna-se também diferencial competitivo, que proporciona à organização condições de disputar com seus concorrentes e consequentemente destaque expansivo no período de retorno a ascensão do ciclo econômico.

Você é gestor e precisa melhorar a eficiência dos seus processos e recursos?

A Ciclo Consultoria pode atuar junto com você para criar soluções inovadoras!

Agende já uma reunião gratuita e nos conheça melhor!

Fique ligado nas nossas redes sociais, não perca nenhuma atualização e conteúdos que podem ajudar a melhorar seus resultados!


Empresa de consultoria com foco em melhorias e vinculada à Universidade Federal de Pernambuco, com unidades em Recife e Caruaru.