O desafio de planejar o futuro do setor alimentício

January 22, 2018

É um desafio recorrente para, sem dúvidas, todas as empresas, prever as tendências de mercado e, principalmente, as movimentações dos seus clientes.

 

Dúvidas assim geram incertezas e podem levar qualquer gestor, de qualquer negócio, a um desespero total. Essas são os motivos principais para que se aplique uma Previsão de Demanda.

 

Certamente você, no setor alimentício, já se viu numa situação em que não soube que decisão tomar, vendo produtos passando da validade e se perdendo, justamente por causa dessas mudanças constantes do mercado e das incertezas, certo?

 

Prever a demanda, faz com que, você gestor, conheça, por meio de uma previsão o que procuram os seus clientes, bem como o que é mais incidente nessa procura, servindo como combustível para futuras tomadas de decisão.

 

E, nos setores alimentícios, você pode aplicar a previsão e se inspirar em diversos casos que dão certo todos os dias. Isso é claro pelo simples fato de ser um mercado que depende em excesso da vontade do cliente, além de, pela sua amplitude, fazer com que haja grande concorrência entre empresas.

 

Cuidado, porém, para não confundir a Previsão de Demanda com Previsão de Vendas. As duas são muito parecidas, mas, enquanto a de vendas se dá pela previsão de entradas financeiras que a empresa pretende ter, a de demanda depende primordialmente das opiniões e vontades dos clientes sobre cada produto.

 

Para a Logística ou a Gestão de Estoques da sua empresa, é primordial que uma Previsão de Demanda seja realizada.

 

Essa verdade é confirmada para qualquer tipo de negócio do setor alimentício, por estarem lidando diariamente com produtos perecíveis e por terem um risco de demandas tão voláteis (como clientes que comem mais de um produto num mês, à primeira vista sem uma lógica).

 

O conceito de previsão, essencialmente, é dado quando é necessário que se tome uma decisão antes da ocorrência do fato na realidade. E, na Previsão de Demanda, não é diferente.

 

Por exemplo, uma pergunta recorrente que pode se fazer é: quais ingredientes comprar no mês de janeiro, para que cheguem em fevereiro e atendam toda a demanda?

 

E, com isso, é que se iniciam as preocupações com estocagem. E os prejuízos mais sérios, quando não se tem uma boa previsão dessa demanda, impactam negativamente em toda a empresa.

 

As principais falhas se dão por:

  1. Falta de uma noção de quanto produzir;

  2. Desconhecimento sobre as variações da demanda;

  3. Gestão dos Estoques mal planejada;

  4. Diminuição do lucro total.

Deve-se perceber, também, que quanto maior for o horizonte de previsão, menos preciso ele será. Ou seja, talvez seja muito mais vantajoso você investir em previsões menores que tragam resultados mais concretos – é sempre necessário colocar as opções numa balança.

 

E como é feita a Previsão de Demanda?

 

A aplicação da Previsão de Demanda é dada, necessariamente, por dois tipos de ferramentas: quantitativas e qualitativas (e combinações de ambos).

 

Ou seja, fórmulas matemáticas serão usadas, mas também combinadas com opiniões internas e até mesmo de clientes. Isso é extremamente necessário para que se tenha uma precisão cada vez maior na previsão.

 

Exemplos da previsão são claros até em restaurantes, com toda a compra de ingredientes (para que não sobrem) ou a noção das quantidades que devem ser produzidas.

 

Porém, outro segmento do mercado alimentício que pode se beneficiar muito de uma boa Previsão de Demanda é, sem dúvidas, o de congelados.

 

Uma boa previsão no mesmo pode fazer com que seja colocado a venda exatamente o necessário, não acumulando produtos prontos nas prateleiras e fazendo com que não hajam perdas por passarem da validade.

 

Lembre-se, porém, que, por se tratar de uma previsão, o resultado nunca será 100% assertivo. Ou seja, o que será dado é um intervalo de possibilidades . Por exemplo, não faz o menor sentido dizer que daqui a 6 meses serão vendidos 5.000 pacotes de biscoito se não se tem uma certeza sobre o que acontecerá.

 

Os resultados, então, aparecem sempre como intervalos, com margens de erro criteriosamente escolhidas. Por exemplo, um intervalo entre 4500 e 5500 biscoitos.

 

Também é preciso afirmar que não há uma receita para a interpretação desses resultados. Ou seja, como gestor, mesmo com a Previsão em mãos, você ainda precisará ficar sempre ligado nos principais andamentos de mercado e, principalmente, no que vem acontecendo internamente na empresa (fluxo de clientes, dados financeiros).

 

Porém, o aproveitamento dessas informações ficará mais fácil e você terá uma noção melhor de como adequar as atividades da sua empresa, tendo feito uma Previsão de Demanda.

 

Por que realizar uma Previsão de Demanda?

 

Uma previsão bem feita trará, para o seu negócio, informações extremamente ricas sobre o seu mercado atuante e, principalmente, sobre os seus clientes e mercados-alvo.

 

Com, isso, é possível ter uma noção cada vez melhor de quanto comprar, de quanto estocar e de quanto produzir, diminuindo muito as principais perdas.

 

Caso a previsão seja executada e seguida com atenção, é possível economizar muitos recursos, como ingredientes ou até embalagens, aumentando assim os lucros.

 

Desse modo, sobrará mais tempo para que, você gestor,  foque em diversos outros pontos de melhoria da empresa e a torne muito mais capacitada para crescer no setor.

 

É importante ter uma noção, também, de que nem tudo pode ser previsto.

Como assim?

 

Crises, por exemplo, não anunciam quando chegam. Isso tem sido sentido na pele nesses últimos anos. E, pelo mercado de alimentação ser bastante competitivo, é importante abrir os olhos para esse fato.

 

Além disso, inovações não param de aparecer, seja com serviços ou produtos inovadores que surgem muitas vezes de surpresa, deixando os artigos obsoletos de uma hora para outra, roubando-lhe consumidores, fatos que não podem ser previstos.

 

Por outro lado, uma verdade é que todos nós precisamos comer. E, por isso, é muito estratégico para os setores alimentícios que, aproveitando-se de uma Previsão de Demanda bem feita, seja possível impactar cada vez mais na obtenção e fidelização de clientes.

 

Como nós, da Ciclo Consultoria, podemos ajudar você, gestor, a não errar na hora de tomar decisões que vão afetar futuramente sua empresa?

 

Aqui, oferecemos serviços de Previsão de Demanda, que é feito de forma personalizada, aumentando a otimização de recursos na sua organização e ajudando você a aumentar os seus lucros.


Fique ligado no nosso site e nas nossas redes sociais para mais conteúdos e ferramentas gratuitos

 

 

Compartilhe no Facebook
Please reload

Posts Em Destaque

5 Indícios de que sua indústria precisa de consultoria em engenharia de produção

October 28, 2019

1/10
Please reload

Posts Recentes

February 27, 2019