Engenharia de Manutenção: O que é e como pode impactar a sua empresa!!


Você conhece a engenharia de manutenção?


Em suma, desde a Revolução Industrial - com os avanços tecnológicos nas empresas -, a engenharia de manutenção ganhou maior importância para o acompanhamento das máquinas e infraestrutura que requerem maior atenção.

A manutenção é uma operação relevante para qualquer atividade, principalmente a industrial, pois, é a partir dela que há a maior durabilidade dos equipamentos e máquinas, além de evitar gastos desnecessários.

Vale ressaltar os três tipos existentes de manutenção: a manutenção corretiva, manutenção preditiva e manutenção preventiva.


O que é a manutenção corretiva?


É o tipo de manutenção de mais rápido entendimento, porém, é a de maior valor agregado. Consiste na substituição de peças danificadas do equipamento, vale destacar que essa modalidade de manutenção deve ser evitada com auxílio das demais manutenções.


O que é a manutenção preditiva?


Esse tipo de manutenção faz uso de equipamentos como: ultrassom, análise de vibração e testes de bateria. Por meio deles, faz-se um diagnóstico e vistoria do maquinário, permitindo controlar os níveis de eficiência e funcionamento das máquinas.


O que é a manutenção preventiva?


Essa manutenção tem como objetivo seguir a NBR 5562, que está ligada à prevenção de falhas, impedindo assim, o interrompimento do funcionamento e operações. Desse modo, tem-se que o engenheiro de manutenção é o principal responsável por desenvolver os planos de manutenção, controlar os níveis de eficiência e identificar a necessidade da troca de peças.


Qual a diferença entre manutenção preventiva e preditiva?


Apesar de ter o objetivo semelhante, a manutenção preditiva difere da manutenção preventiva, uma vez que, a prevenção deve seguir os parâmetros instituídos pelos fabricantes do equipamento para que ele se comporte dentro do esperado; enquanto que a preditiva faz uma busca mais incisiva, pois realiza um acompanhamento e rastreio do problema a partir de ferramentas apropriadas para diagnóstico dos equipamentos, revisões e o acompanhamento da eficiência de cada componente.


Mas, afinal, qual a importância de se realizar uma manutenção?


A manutenção é primordial para manter o pleno funcionamento da empresa, visto que, tem o intuito de evitar paradas e quebras nas linhas de produção, promovendo o melhor funcionamento e a continuidade do processo produtivo.

Vale ressaltar que, essa área da engenharia é ignorada por boa parte das organizações, no entanto, ela é essencial para o bom funcionamento da empresa e permite a redução de custos e, consequentemente, influi no aumento dos lucros, no horizonte de médio e longo prazo.

Essa manutenção é planejada e executada de maneira a permitir a constância no funcionamento da empresa, além de que permite obter maior qualidade dos produtos/serviços oferecidos.


Se interessou pela Engenharia de Manutenção e quer implementá-la na sua empresa? A Ciclo Consultoria pode te ajudar! Entre em contato e agende uma reunião gratuita

0 comentário
  • whatsapp-logo-1