top of page

A r(evolução) na indústria têxtil: uma análise dos avanços tecnológicos




O Brasil é a 5a maior indústria têxtil do mundo, e a maior cadeia completa do

setor no ocidente, onde a produção média equivale a 1,3 milhões de toneladas de

produtos têxteis. Além disso, ela representa 16,7% dos empregos do país. Apesar

de sua grandeza, esse setor muitas vezes encontra dificuldades quando se trata da

inserção de novas tecnologias.

Nesse contexto, a engenharia de produção tem desempenhado um papel

importante na implementação e otimização destas tecnologias, através de

ferramentas e processos que visam a melhoria contínua da indústria têxtil.


Lean manufacturing


O LM (Lean Manufacturing) traz grandes vantagens quando utilizado nas

empresas, já que busca a eliminação de desperdícios, como retrabalho, tempo de

espera e transporte desnecessário, a fim de reduzir custos. A ideia básica é produzir

apenas o necessário, no momento necessário e na quantidade requerida. Este

sistema possui uma abordagem sistemática para reconhecer e reduzir os

desperdícios por meio da melhoria contínua, otimização de processos e

procedimentos, conceitos amplamente explorados na engenharia de produção.


❖ Qualidade:

Na indústria têxtil, o LM, quando aplicado corretamente, tem a qualidade como

foco principal. Uma das estratégias busca organizar o ambiente de trabalho com

layout adequado, utilizando somente o que é necessário para assim acabar como

desperdício, otimizando a produtividade.


❖ Benefícios:

O caminho de aplicação do modelo de gestão Lean Manufacturing leva tempo

até que a empresa obtenha resultados. Portanto, ao aplicar suas técnicas e

ferramentas encontram-se melhorias que irão gerar muitos benefícios para a organização, como:


- Maior qualidade em seus produtos e em suas entregas;

- Diminuição dos seus custos;

- Aumento na satisfação dos clientes e colaboradores.


❖ O que isso pode impactar no setor têxtil?

A melhoria contínua aumenta a produtividade dos colaboradores

contribuindo para resultados sustentáveis e competitividade da organização. O Lean

Manufacturing aplicado corretamente na indústria têxtil colocará a qualidade em

primeiro lugar, contribuindo para a excelência operacional na empresa. E com o advento das tecnologias da Indústria 4.0, os processos de produção têxteis tornaram-

se mais eficientes e menos impactantes ao meio ambiente.


Indústria 4.0


O Engenheiro de Produção atua em toda a cadeia produtiva de uma instituição

e é capaz de implantar processos inovadores que são base da Indústria 4.0. A quarta revolução industrial, como também é conhecida, tem sido um dos temas mais discutidos nas indústrias de transformação nos últimos anos. Isso se deve

ao fato de que a tecnologia tem sido cada vez mais incorporada a todos os setores da

indústria, sobretudo têxtil e de confecção, permitindo a automação de processos,

aumento da eficiência e redução de custos.


❖ No que isso contribui para a indústria têxtil?


A sustentabilidade continua a ser um dos grandes desafios para a indústria

têxtil. Com a introdução da tecnologia da Indústria 4.0 são dados os passos

necessários para proteger os recursos naturais do planeta e diminuir os custos de

produção. A Internet das Coisas e tecnologias como a robótica e impressão 3D, por

exemplo, são ferramentas indispensáveis para as mudanças. Afinal, pessoas,

produtos, clientes e máquinas estão ligados entre si.


Por que contratar uma consultoria para a sua empresa têxtil?


Contar com uma consultoria é fundamental para a implementação de novas

tecnologias de maneira eficaz na sua empresa. Isso garante que as novas soluções

sejam adequadas às necessidades e características da sua empresa, além de

minimizar os riscos e maximizar os resultados.


Se você tem uma empresa do setor têxtil e está interessado em

aprimorar a sua produção através de uma análise detalhada e com o uso de

novas tecnologias, a Ciclo Consultoria pode te ajudar!


Entre em contato conosco para saber mais!

0 comentário

Σχόλια


  • whatsapp-logo-1
bottom of page